Bolsas de Estudo

 

Atualmente, 72% dos acadêmicos da Celer Faculdades possuem algum tipo de bolsa de estudo, sendo que dispomos de quatro (04) modalidades de apoio financeiro aos estudantes:

1 – Bolsa Artigo 170 da Constituição do Estado de Santa Catarina (Bolsa de Estudo e Bolsa de Pesquisa)

2 – Bolsa Artigo 171 da Constituição do Estado de Santa Catarina – FUMDES (Bolsa de Estudo e Bolsa de Pesquisa)

3 – PROUNI

4 – FIES

 

 1 – BOLSA ART. 170 DA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA

A bolsa do Art 170 pode ser solicitada por qualquer aluno regularmente matriculado em curso de graduação, desde que não esteja na condição de aluno especial, que comprove carência financeira e esteja cursando pela primeira vez um curso superior de graduação. Deve ter um bom desempenho acadêmico, não ter nenhum outro tipo de auxílio financeiro para estudar e se dispor a participar de programas e projetos sociais com visão educativa.

O acadêmico poderá ser aprovado nas modalidades de benefício de 25% a 100% (a critério da Instituição) do valor da mensalidade vigente, sendo que o valor é repassado para os alunos em seis (06) parcelas da semestralidade.

O sistema de seleção é feito em duas etapas. A primeira é uma análise por sistema informatizado, disponível no site da AMPESC. A segunda é a apresentação completa da documentação e comprovação da necessidade de bolsa, mediante entrevista com o candidato, feita na Instituição.

Nos períodos de inscrição estarão disponíveis no site da Celer Faculdades (www.celer.edu.br) o edital e o local de preenchimento das informações.

 

2 – BOLSA ART. 171 DA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA - FUMDES

Anualmente, o Estado de Santa Catarina firma convênio com a Celer Faculdades para concessão de bolsas de estudo/pesquisa com recurso do Programa de Bolsas do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (FUMDES). O número de bolsas destinadas à faculdade, a cada ano, é proporcional ao número de alunos matriculados. Destina-se aos acadêmicos não portadores de diploma de curso superior, que apresentam carência socioeconômica definida nos regulamentos da Secretaria de Estado da Educação, tenham cursado Ensino Médio em Unidade Escolar da Rede Pública ou em Instituição Privada com bolsa integral, e residir a dois anos no estado de Santa Catarina.

O acadêmico poderá ser aprovado nas modalidades de benefício de 100% para Bolsa de Estudos, sendo que a bolsa é válida para o curso todo caso o aluno não reprove em nenhuma disciplina; e para Bolsa de Pesquisa o valor da bolsa corresponde ao salário mínimo vigente ao ano anterior, sendo que a bolsa é válida por dois (02) anos podendo ser prorrogada por mais um (01) ano caso haja necessidade.

Assim como ocorre na Bolsa do Art. 170/CE, o sistema de seleção é feito em duas etapas. A primeira é uma análise por sistema informatizado, disponível no site da AMPESC. A segunda é a apresentação completa da documentação e comprovação da necessidade de bolsa, mediante entrevista com o candidato, feita na Instituição.

Nos períodos de inscrição estarão disponíveis no site da Celer Faculdades (www.celer.edu.br) o edital e o local de preenchimento das informações.

 

3 – PROUNI – PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS

Podem participar do programa qualquer aluno independente de estar matriculado ou não, que tenha feito o último ENEM (Exame Nacional de Ensino Médio).

O Programa possui modalidades de benefício de 100% (integral) e 50% (parcial) do valor da mensalidade.

As inscrições são efetuadas via internet, no site do MEC (http://siteprouni.mec.gov.br).

 

4 – FIES – FINANCIAMENTO ESTUDANTIL

O financiamento pode ser solicitado por qualquer aluno matriculado que tiver comprovação de renda familiar, cujo curso tenha sido aprovado na prova do ENADE.

O percentual do benefício pode ser de até 100% do valor da mensalidade, a taxa de juros é de 3,4% ao ano, o período de carência é de 18 meses após a conclusão do curso e o prazo para pagamento é de três vezes o período do curso financiado.

As inscrições são feitas no site: http://sisfiesportal.mec.gov.br/.

 

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

 

 

Atualizado em: 18/07/2016

 
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner